quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Esbasth

A Fase Completa e Correta de Esbaths

A importância de celebrar os Esbaths não está somente no fato de honrar as fases da Deusa; honrar é reconhecer o mérito a determinado Ser.

Este reconhecimento vêm sempre acompanhado de um fundamento, fatos e/ou qualidades que o apóiam e justificam.

Mas da mesma forma que maioria do conhecimento nos chegou parte deturpado, parte esquecido, com o real motivo de honrar à Deusa aconteceu o mesmo.

Me foi ensinado este fundamento e o transmito para que ele seja compreendido e recordado.

• Na Fase da Lua Minguante a Deusa Lilith “enxerga” através de nossa pequena Lilith; Ela dirige o Seu olhar para nós quando celebramos o Esbath desta Lua. Isto é captar a atenção da Deusa, e se não cumprimos com esta celebração não tem sentido celebrar os outros.

• Na Fase da Lua Nova a Deusa Lilith “ouve” através da nossa pequena Lilith; Ela escuta nossos pedidos, nossas súplicas, nossas orações ao celebrarmos o Esbath desta fase.

• Na Fase da Lua Crescente a Deusa Lilith “fala” através da nossa pequena Lilith; Ela nos ensina sobre nós mesmas, sobre nossos ciclos, sobre o significado do Ser-Mulher.
Ela nos dá as chaves para resolver o que precisamos, “respondendo” aos pedidos que lhe foram dirigidos na Lua Nova.

• Na fase da Lua Cheia a Deusa Lilith “sente” através da nossa pequena Lilith; este “sentir” é uma conexão que acontece em nosso útero, momento no qual a Deusa nos preenche com Sua energia, tornando-nos seres plenos e com a capacidade total de “cozinhar uma vida criativa” se a honrarmos celebrando este Esbath.

• Na fase da Lua Negra a Deusa Lilith “nos toca” através da nossa pequena Lilith; Ela nos entrega o “Dom de Sua Graça” para que possamos brilhar em todo o esplendor que celebrar o ciclo completo de Esbath nos proporciona.

Esbath da Lua Cheia

Mesmo assim os ritos de celebração não podem ser quaisquer ritos; existem as celebrações específicas para cada Sabath neste ciclo perfeito, de forma a nos sintonizar plenamente com os ritmos da Lua.

Esta sequência conta uma historia relacionada com o mundo interior de cada ser-mulher com sua Divindade Lunar; conta também a historia da própria Divindade, o que no final do ciclo corretamente celebrado, nos abrirá as portas do conhecimento proporcionando-nos a descoberta de nossa individualidade única, preenchendo nosso ser com os frutos criativos, através dos quais poderemos construir uma vida plenamente satisfatória para nós e para o nosso entorno.

Nenhum comentário:

Selo do Magia se faz na Cozinha

create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!