segunda-feira, 31 de maio de 2010

Como saber se um coven é sério?

Sempre que alguém começa a buscar a Bruxaria, encontra a Wicca, que é a vertente mais “em voga” da Bruxaria atualmente. Quando descobre-se que para ser wiccano deve-se entrar em um coven, surge a dúvida: como saber se um coven é sério? Seguem algumas dicas.

- Se você já leu bastante sobre a religião, você já vai ter um certo conhecimento para “julgar”. O que determinado coven faz está de acordo com o que você aprendeu sobre a Wicca? Você aprendeu o suficiente? Você tem certeza de que o que tal coven está fazendo não diz respeito à Wicca? Baseado em que você pode fazer essas afirmações?
- Covens de menores de 18 anos não existem. Em primeiro lugar, porque os covens sérios só deixam entrar maiores de 18. Nada impede que pessoas mais novas juntem-se para estudar a Wicca ou/e a Bruxaria, mas não é um coven, especialmente porque não têm qualquer experiência para tal, nem foram iniciadas nem nada.
- Covens sérios jamais procurarão membros pela Internet, por revistas, jornais, lojas esotéricas e coisas do tipo, ao menos formalmente. A única forma de você entrar em um coven honesto é sendo convidado por alguém que lhe conheceu e viu em você alguém com sentimentos sinceros com relação à Arte, além de achar que seu perfil combina com o dos outros membros.
- Alguém lhe convidou para fazer parte de um coven? Como foi o convite? Vocês já se conhecem há tempos? Foi pela Internet? Vocês são amigos? Ele te conhece ou você conhece bem tal pessoa? Por que você acha que essa pessoa lhe convidou?
- Às vezes fazer parte de um grupo de estudos ou mesmo montar um pode ser mais satisfatório do que entrar em um coven propriamente dito. Procure começar com pessoas que estejam no mesmo nível de aprendizado que você e evite aqueles que acham que sabem muito mais do que todos, mas na verdade é tão aprendiz quanto.
- Confie sempre na sua intuição. Se algo não lhe cheira bem, afaste-se. Nosso coração sempre nos diz muito mais do que livros, regras e sites.

2 comentários:

Anônimo disse...

Ola, meu nome é Jordana tenho 16 anos. Venho em busca de um conselho... Desde sempre fui muito excluida e tinha a estranha mania de observar as pessoas, no começo era como uma brincadeira mas começou a ficar um pouco serio quando eu comecei a tirar minhas "conclusoes" e elas estavam na grande maioria das vezes certas. Bom... Sou da religiao catolica, mas comecei a ter pensamentos estranhos, as vezes falo de assuntos que eu nem sabia que conhecia, isso me pertubou por um tempo ate que resolvi pesquisar e conhecer novas culturas e religioes, foi tudo muito bom, meu interesse tem só crescido cada dia mais... Só que me perdi, não sei mais o que fazer as vezes vejo o mal como se ele não fosse um mal absoluto, como se ele fosse nescessario e estivesse dentro de cada um de nos, não sei mais se estou no caminho certo ou não, tenho medo de estar indo contra o Deus que eu aprendi a adorar desde sempre, não tenho achado suas palavras totalmente corretas (biblia). Mas é a palavra do homem ou de Deus? Como posso saber? Me sinto sem um caminho certo, diga me... Devo eu continuar em minhas nova descobertas ou não? Tenho muito medo de me tornar um ser leigo, ignorante.

Nuria disse...

Olha acho que todas passamos pelo que está passando. A vida é muito mais do que pais de uma determinada religião nos doutrinam. Vai de nós mesmas, pesquisa, pesquisar e pesquisar de novo para seguirmos nosso caminho. Sempre estaremos aprendendo algo! ;)

Selo do Magia se faz na Cozinha

create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!