segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Um pouco sobre bruxas

Quando falamos sobre tornar-se bruxa, somos bombardeados com imagens de velas, círculos, gatos, ervas, tarot etc... Curiosos, somos imediatamente atraídos sobre essa condição de bruxa, sua diferença do comum das pessoas, sua especialidade, ou a estirpe da bruxa. Mas nenhuma dessa imagens faz da bruxa o que ela é. Uma bruxa é uma babá da Terra, uma professora da Arte, uma condutora de energia e uma manifestação auto-reconhecida da Deusa.

Bruxaria, Witchcraft, é um modo de vida. É uma mentalidade, uma espiritualidade, uma filosofia e um código de éticas. É um modo de pensamento, crenças, sentimentos e ações que incorporam e integram corpo, alma e mente com a energia que flui da Terra, do Cosmos e daquilo tudo que nos rodeia. Quando uma pessoa se inicia, através de seus estudos, práticas e tentativas, aprende a sentir a energia ao redor de si, a direcionar esta energia . Então estará apta a respeitar a vida, a viver pacificamente e a respeitar a Terra.

Como bruxas, assumimos essas regras sem pensar sobre elas, e elas se integram em nosso modo de vida perfeitamente. Enquanto aperfeiçoamos nossas artes ocultas, nossas artes Mágickas, não podemos esquecer do trabalho duro que é moldar nossas almas e aperfeiçoá-las para levar adiante o trabalho da Deusa, o que é a verdadeira Arte de uma bruxa.

Nós, através de nosso livre arbítrio, permitimos que a "bruxa interior" aflore, permitimos que a Deusa adentre dentro de nós através da realização de nossas habilidades naturais. O que requer que olhemos para dentro de nós mesmas, reconheçamos nossos talentos e os usemos para benefício próprio ou de outrem. Isso requer experiência pessoal, estudo, disciplina e dedicação.

Algumas de nós parecem que nascem já com essa capacidade, outras vão adquirindo estas noções gradativamente, nunca realmente certas de que fizeram as pazes com a Deusa ou não. Muitas pessoas chamam o primeiro grupo de pessoas de 'bruxas naturais' . Eu considero estes termos risíveis. Pense bem, você já viu uma bruxa artificial? Uma bruxa sintética, quem sabe?

O poder de uma bruxa é algo que já está dentro de nós mesmos, mas como aprendemos a manifestar este poder varia de pessoa a pessoa. A Deusa dá a todos o poder - mas está em nós desenvolvê-lo.

O que devemos entender é que não pulamos para fora do útero com o athame nas mão e o livro das sombras debaixo do braço. Mas todos nascemos com o potencial - mesmo que escolhamos não utilizá-lo. Talvez o potencial apavore as pessoas. Talvez elas não queiram assumir a responsabilidade que uma bruxa carrega sobre seus ombros. Talvez não acreditem!

Nem todas as bruxas tem os mesmos talentos. Algumas lançam círculos maravilhosos, outras trabalham com divinação. Outras são dedicadas ao ensino da Arte ou trabalham com as Artes da Cura. Mas apesar do rótulo que dermos a nós mesmas, somos chamadas BRUXAS porque nós estudamos, amamos, nos sacrificamos muitas vezes e crescemos.

E devido ao fato de conseguirmos fazer estas coisas, e porque vivemos acima do potencial mágicko humano comum, somos bruxas, naturalmente. Porque quando nos relacionamos com a Deusa e com a Arte, tentamos fazer isso da melhor forma que pudermos e da maneira mais natural do mundo. Sem encenações. Nós somos a Deusa e ela É em nós.

Nenhum comentário:

Selo do Magia se faz na Cozinha

create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!